Notícias do Corinthians

Principal decepção dos últimos anos deve retornar aos Corinthians em 2023

Por Pedro De Oliveira

Principal decepção dos últimos anos deve retornar aos Corinthians em 2023

Emprestado ao Santos até o fim da temporada, Luan pouco ajudou na temporada do Peixe

Síguenos enSíguenos en Google News

Após acumular polêmicas e pouco produzir dentro de campo pelo Corinthians, o meia-atacante Luan foi emprestado ao Santos com o Timão pagando 100% do salário. As atuações dele, no entanto, foram apagadas e mesmo recebendo oportunidades no time titular, ele já voltou ao banco de reservas e não possui boa projeção dentro do elenco. Fica o questionamento se o ex-camisa 7 da equipe do Parque São Jorge voltará após mais um fracasso na carreira.

Com Lisca no comando do Santos, Luan ainda recebeu algumas oportunidades como titular. Ao total, foram seis jogos disputados, três desses como titular, além de um gol e uma assistência marcada. Esse tento, inclusive, foi na partida contra o Athletico/PR, sua melhor atuação pelo Peixe. Vale ressaltar que há três rodadas que ele não entra mais em campo, após fracas partidas diante de Internacional e Atlético/MG, ele foi sacado e não jogou diante do Juventude e do RB Bragantino. Além da partida diante do Corinthians, que o meia não pôde atuar por causa de uma cláusula por estar emprestado.

Mais notícias do Corinthians:

Amizade do presidente com treinador pode ser trunfo que faltava na renovação
Vitor Pereira exalta grupo após grande vitória no clássico

Dono dos direitos econômicos de Luan até o fim de 2023, o Corinthians não quer voltar a ter dor de cabeça com o meia-atacante novamente. No Timão, Luan chegou como grande reforço em 2020, mas pouquíssimo produziu dentro de campo. Foram 78 jogos, nove gols marcados e apenas cinco assistências anotadas para o ex-jogador do Grêmio com a camisa alvinegra paulista.

Vale salientar que Luan foi o grande jogador da América do Sul em 2017. Ele, inclusive, ganhou o prêmio de Rei da América, além de ter sido o artilheiro e campeão da Libertadores, ainda pelo Grêmio. As premiações não param por aí, o meia ainda foi campeão olímpico com a Seleção Brasileira, sendo peça fundamental para a conquista. Aos 29 anos, o atleta ainda conquistou duas bolas de prata.

Tem espaço para Luan no Corinthians?

Além do evidente modelo de jogo ser bastante intenso com Vítor Pereira, algo que vai no completo contrário do atual momento de futebol jogado por Luan, a torcida dificilmente o receberia de uma forma agradável. Ao timão, resta torcer para o Peixe querer renovar com o atleta e se destacar o suficiente para buscar uma possível venda e minimizar os gastos colossais e mensais com o meia-atacante.

 


Mais notícias