Notícias do Corinthians

Ídolo corintiano pede a saída de Vitor Pereira após ano sem títulos

Por João Silva

Ídolo corintiano pede a saída de Vitor Pereira após ano sem títulos

Vampeta não poupou críticas ao atual treinador do Timão e ainda o comparou com Sylvinho

Síguenos enSíguenos en Google News

O ídolo e ex jogador Vampeta não poupou críticas ao atual treinador do Corinthians Vitor Pereira. O, agora comentarista, comparou o trabalho do português com o ex-treinador Sylvinho que não é bem visto pela torcida e saiu ainda no começo desse ano para a chegada de Vitor Pereira que rapidamente entrou nas graças da torcida.

‘Eu já teria mandado o Vitor Pereira embora. O Corinthians é um gigante e vai ficar refém dele? O time estaria na mesma posição com o Sylvinho. Vai para a Europa, procura algum clube na Premier League e vaza. Pela diretoria do Corinthians, ele fica e ganha uma estátua’ disse o comentarista do Grupo Jovem Pan.

Mais notícias do Corinthians:

Corinthians pode adiar festa de rival na próxima rodada
Lateral ex-Corinthians é chamado para defender Seleção Italiana
 

Em outro momento do comentário o ex-jogador disse que o treinador é fraco e que se treinasse outra equipe do mundo sacaria os melhores do time ‘O cara me fala que o Renato Augusto não pode jogar com o Giuliano. Então, se ele for treinar o Paris Saint-Germain, vai sacar Mbappé, Messi e Neymar. É coisa de maluco, fraco.’ disse o velho Vamp.

Vale lembrar que no mesmo dia, a torcida corintiana fez o assunto #FicaVP ser o mais comentado do Twitter no Brasil. Mostrando a força e o carinho que a torcida tem com o português, que apesar de não ter levantado um título sequer, conseguiu conquista-los com seu trabalho duro e bons desempenhos.

Temporada acima da média 

A temporada corintiana foi muito acima do esperado. Com um elenco curto e recheado de meninos da base, o português Vitor Pereira ainda conseguiu levar a equipe ao G4 do Brasileirão, lutar até o fim pela Copa do Brasil além de chegar as quartas de final da Libertadores, em um ano que o time era cotado a brigar para não cair.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Mais notícias