Notícias do Corinthians

Ex-zagueiro do Corinthians falha bisonhamente na final da Libertadores

Por Pedro De Oliveira

Ex-zagueiro do Corinthians falha bisonhamente na final da Libertadores

Pedro Henrique foi revelado pelas categorias de base do Timão, mas nunca embalou como titular

Síguenos enSíguenos en Google News

Revelado nas categorias de base do Corinthians, o zagueiro Pedro Henrique saiu como grande vilão da final da Libertadores, disputada na tarde deste sábado (29), entre as equipes do Flamengo e Athletico/PR. O defensor dos paranaenses já tinha levado o cartão amarelo e numa escapada de Ayrton Lucas pela esquerda, o jogador de 27 anos deu um carrinho muito forte sem necessidade, já que a jogada não levaria perigo e foi expulso. 

Seis minutos depois da expulsão do zagueiro do Furacão, o Flamengo abriu o placar com Gabriel, numa falha exatamente no miolo de defesa. Esse foi o tento que definiu o título do Flamengo na competição. Além da evidente desorganização do clube que perde um jogador em campo e fica com menos um que dificultou até a busca pelo empate durante a partida.

Mais notícias do Corinthians:

Jogando fora de casa Timão vem decepcionando na temporada, mas tem chance de melhorar nesse sábado
Estrela corintiana volta de suspensão e vai ser titular pelo Timão

Pelo Corinthians, o zagueiro atuou em 90 partidas, mas nunca se consolidou como titular. A temporada que o prata da casa mais jogou foi em 2017, ano de título do Campeonato Brasileiro da Série A, inclusive, com 30 jogos e dois marcados. 

No Athletico, a primeiro passagem de Pedro Henrique foi ainda emprestado, na temporada 2019. O zagueiro, no entanto, retornou em definitivo no ano seguinte, adquirido por R$ 6,1 milhões. Durante esses anos, o defensor se consolidou como umas das principais opções ao lado de Thiago Heleno para o setor defensivo.

Segunda falha em final da Libertadores

Esta foi a segunda vez que o Furacão chegou na final da Libertadores, a outra oportunidade foi em 2005, diante do São Paulo. Na ocasião, o Furacão também foi prejudicado por uma falha de um zagueiro: Durval fez um gol contra e o Athletico saiu derrotado por 4x0, da equipe dirigida na época por Paulo Autuori.  

 


Mais notícias