Notícias do Corinthians

Com passagem pelo Corinthians, atacante processa o clube cobrando altos valores

Por Pedro De Oliveira

Com passagem pelo Corinthians, atacante processa o clube cobrando altos valores

O atacante Maxwell Lima, com passagens pelas categorias de base do clube, cobra valores não recebidos em direitos trabalhistas

Síguenos enSíguenos en Google News

Com uma passagem pelas categorias de base do clube, mais especificamente na equipe sub-23, o atacante Maxwell Lima, está processando o Corinthians, cobrando valores não recebidos referentes a direitos trabalhistas.

O atleta, que ficou no clube paulista de Agosto de 2018 a Dezembro de 2020, com passagens por empréstimo, por Ponte Preta e Sport no período, cobra férias, décimo terceiro, multas e indenizações.

Mais sobre Corinthians

Finalmente! Atleta deve ter chance novamente como titular

Ele quer ficar, mas o passe milionário pode impedir esse negócio

Atualmente na Portuguesa Santista, o jovem e seus advogados alegam que a cobrança vem após a receita federal cobrar impostos sobre valores dos quais ele não tinha conhecimento. Todos os pedidos foram com base no salário do atleta no Corinthians, que era de dez mil reais. Confira os valores:

Férias integrais acrescidas de terço (2018/2019) - R$ 13.000,00;
Férias proporcionais acrescidas de Terço (2019/2020) - R$ 5.416,71;
Segunda parcela do 13º Salário 2018 - R$ 1.666,68;
Salário referente ao mês de junho/2019 - R$ 10.000,00;
Depósitos fundiários não recolhido de Nov/18 a Dez/20 - R$ 20.000,00;
Multa do artigo 467 da CLT - R$ 15.041,70;
Multa do artigo 477 da CLT - R$ 10.000,00;
Indenização por damos morais por ter caído na malha fina - R$ 50.000,00;
Indenização por dano material - R$ 4.133,25;
Honorários Advocatícios no importe de 15% - R$ 19.388,75;
Total - R$ 148.647,09.

Caso vai ser julgado


A 73ª Vara do Trabalho de São Paulo é quem cuidará da ação ajuizada pelo atacante que, neste momento, está com 23 anos e atua pela Portuguesa Santista. A audiência inicial entre as partes foi marcada para 23 de novembro.

 

Tópicos


Mais notícias