Notícias do Corinthians

Campeão mundial pelo Corinthians é destaque na Série C de Minas Gerais

Por Pedro De Oliveira

Campeão mundial pelo Corinthians é destaque na Série C de Minas Gerais

Jorge Henrique foi um dos grandes destaques dos anos de Tite no Corinthians

Síguenos enSíguenos en Google News

Peça fundamental nas conquistas do Campeonato Brasileiro, de 2011,  e da Libertadores e Mundial, em 2012, Jorge Henrique atualmente é um dos principais nomes da terceira divisão do Campeonato Mineiro. Jogando pelo North Esporte Clube, o atacante está brigando pelo acesso com a equipe e leva toda sua experiência para o elenco que na sua grande maioria é montado com jogadores de até 23 anos.

“Estou muito feliz, primeira conversa que tive quando recebi o convite foi muito boa, direta e me passaram o tamanho do projeto. Senti firmeza e fiquei feliz pelo convite, nunca tinha disputado um campeonato mineiro e estou feliz pelo nosso desempenho. Estamos a dois jogos do acesso, na semifinal do campeonato, e próximo do primeiro objetivo que é o acesso” disse Jorge Henrique, em reportagem com o Globo Esporte.

Mais notícias do Corinthians:

Setor forte dos anos campeões volta a se destacar no Corinthians
Apesar de indefinição, Corinthians não irá fazer proposta por outro treinador enquanto tem VP

Aos 40 anos, Jorge Henrique já não tem mais a mesma vitalidade de antes. Chamado como marcador de lateral em muitas oportunidades, o atacante jogava aberto em uma das pontas e parecia não parar de correr um minuto sequer em seu auge. Pelo Corinthians, ele foi fundamental para dar mais liberdade para Emerson, Guerrero, Alex e Danilo naquele time que se sagrou campeão de quase tudo em 2012.

Porém, o atacante também viveu a fase pré-Tite. No comando de Mano Menezes, Henrique jogou ao lado de Ronaldo Fenômeno e também era um ótimo complemento ao astro do Corinthians. Depois, com a chegada de Roberto Carlos, o atacante ajudava bastante defensivamente, já que o lateral rotineiramente subia para ajudar o setor de ataque.

Pós-Corinthians

As passagens de Jorge Henrique depois de sair do Timão não foram das melhores. Ele jogou três anos no Internacional, dois no Vasco, no Náutico e no Figueirense, além das temporadas únicas no Camboriú e Brasiliense. No clube pernambucano, inclusive, ele foi esperado com expectativa ja que era ídolo por lá, mas pouco produziu dentro de campo. 

 


Mais notícias