Notícias do Corinthians

Argentino festeja reta final de ano corintiano com vaga na Libertadores

Por João Silva

Argentino festeja reta final de ano corintiano com vaga na Libertadores

Fausto Vera chegou ao Corinthians no meio do ano e já se tornou um dos líderes do elenco

Síguenos enSíguenos en Google News

O argentino Fausto Vera é um dos principais nomes no meio campo corintiano. Desde que chegou ao clube, há cerca de três meses, o volante é um dos queridinhos da torcida e do técnico Vitor Pereira. A reta final de temporada corintiana, foi importante para o clube garantir uma vaga na Libertadores do próximo ano que Fausto sabe da importância.

‘Sabemos a importância que tem uma Copa Libertadores e um clube tão grande como esse tem a obrigação de estar sempre classificado. Estou muito contente com essa classificação e nos prepararemos da melhor maneira na próxima temporada.’ disse o argentino que jogou a competição esse ano pelo timão.

Mais notícias do Corinthians:

Corinthians não tem plano B caso Vitor Pereira não renove o contrato
Timão monta estratégia para contratar jogador em definitivo

O argentino já disputou 24 partidas com a camisa corintiana estreou desde que estreou contra o Atlético-GO, na partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, no dia 27 de julho. Ele é um dos jogadores mais adorados pela torcida e titular absoluto na função de primeiro volante, posição que antes era ocupada por Maycon que tem futuro indefinido no clube.

O volante Maycon é um dos jogadores mais queridos pela torcida e comissão técnica do Corinthians, mas pode não continuar no clube no ano que vem. O contrato de empréstimo do jogador vai até dezembro desse ano e o timão está tentando de tudo para manter o jogador para o próximo ano, já que é um dos principais do elenco.

Contrato do jogador

No contrato feito, o Corinthians e o Shakhtar, da Ucrânia, não estipularam um valor de compra, mas o clube do leste europeu quer, ao menos, recuperar o dinheiro investido no jogador no meio de 2018, pouco mais de 6 milhões de euros, algo em torno dos 24 milhões de reais na época. Caso o timão pague esse valor, serão quase 36 milhões de reais.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Mais notícias