Notícias do Corinthians

Dupla aclamada pela torcida não joga junta por causa de outros jogadores

Por João Silva

Dupla aclamada pela torcida não joga junta por causa de outros jogadores

Renato Augusto e Giuliano são jogadores que a torcida pede para entrar mais vezes na semana 

Síguenos enSíguenos en Google News

A dupla Renato Augusto e Giuliano fizeram a diferença na final da Copa do Brasil. O camisa 8, aclamado pela torcida como um dos melhores e maiores ídolos da história recente do clube, já não tem mais o mesmo vigor físico de quando chegou ao clube em 2013, mas ainda faz a diferença enquanto Giuliano ainda tenta se firma no grupo titular.

Sobre utilizar os dois juntos o técnico Vitor Pereira tem uma teoria um tanto racional ‘A equipe precisa se equilibrar para sustentar aqueles jogadores com mais liberdade, como Renato, Róger, apesar de o Giuliano ser um jogador inteligente, não é de pegada. Precisamos de gente de pegada na equipe’ disse o treinador.

Mais notícias do Corinthians: 

Apesar de não brigar pelo título, Corinthians ainda aspira muito no Brasileirão
Apesar de vitória no clássico, Corinthians ainda sente derrota na final
 

O português entende que a dupla tem muita qualidade e que em certos momentos se completam, mas vê a necessidade de ter alguém para marcar os adversários ‘O Giuliano cresceu muito nos últimos tempos, nos dá o jogo entrelinhas. Pode acontecer em determinados momentos do jogo (de tê-lo ao lado de Renato Augusto), mas também é preciso os pitbulls.’ completou o treinador.

Agora o time foca em conseguir uma classificação ainda melhor dentro do Campeonato Brasileiro. Além de conseguir uma grana maior pela premiação, a vaga na fase de grupos da Libertadores também é uma das prioridades do clube que pretende e conta com essas bônus para preparar um elenco mais forte para a próxima temporada.

Dupla que começou pouco 

No entanto, a dupla tem poucos jogos juntos sob o comando de Vitor Pereira Dos 58 jogos de Vítor Pereira à frente do Timão, em apenas cinco Giuliano e Renato Augusto começaram juntos contra São Paulo (duas vezes), Atlético-GO e Juventude (duas vezes).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Mais notícias