Notícias do Corinthians

Defesa salva ataque tenebroso do Corinthians na Série A

Por Pedro De Oliveira

Defesa salva ataque tenebroso do Corinthians na Série A

Timão é o segundo pior ataque da competição entre os 10 primeiro colocados

Síguenos enSíguenos en Google News

Corinthians enfrenta o Ceará na noite deste sábado (5) visando um melhor desempenho de gols no Campeonato Brasileiro da Série A. Entre as 10 melhores equipes da competição, o Corinthians tem o segundo pior ataque, com 41 gols, mesma marca do Atlético/MG, e só abaixo do América/Mg, com 34 tentos anotados.

Esse desempenho ofensivo do Corinthians se justifica pela própria ausência de peças no setor. Um dos nomes contratados para resolver a situação ofensiva do Timão, Yuri Alberto vestiu a camisa e rendeu ainda mais que o esperado. Mesmo assim, o alvinegro paulista deixa a desejar no setor de gols e criação de oportunidades.

Mais notícias:

Corinthians reencontra ex-ídolo que saiu de forma conturbada
Na mira do Corinthians, jogador é um dos que mais tem passes decisivos no Brasileirão

O fato das chances de gols pode ser relacionada com a ausência de Renato Augusto, que ficou afastados por uns meses lesionado. Giuliano, outro que teve dificuldade em encontrar seu melhor rendimento e Roger Guedes, que faz temporada abaixo da anterior, também possuem suas parcelas de culpa.

No entanto, o maior problema do Timão nem se dá pelas suas peças titulares, e sim pelas opções no banco de reservas. Junior Moraes, pouco jogou, Gustavo Mosquito e Adson se lesionaram e pouco costumam ajudar com relação a gols marcados. A saída de Jô, que mesmo que não viva grande fase, poderia ajudar com tentos marcados.

Defesa boa, ataque ruim

Se o ataque é um dos calos do Timão na temporada, a defesa é o melhor setor da equipe no ano. São 41 gols marcados e apenas 33 sofridos, média de menos de um por partida. Essa, inclusive, foi uma das marcas registradas do Timão na última década, quando venceu três Brasileiros, Uma Libertadores e Mundial de Clubes.

 


Mais notícias