Notícias do Corinthians

Atleta criticado mira volta por cima tal qual Romero

Por Pedro De Oliveira

Atleta criticado mira volta por cima tal qual Romero

Mateus Vital mira no paraguaio para se tornar de criticado a jogador importante no elenco

Síguenos enSíguenos en Google News

Não é de hoje que o Corinthians está com problemas no setor ofensivo do time. Durante toda a temporada, a equipe do Parque São Jorge apresentou falta de peças e rendimento nesse setor. Além disso, as lesões ainda limitaram as opções de Vítor Pereira. Diante disso, Mateus Vital voltou a ter oportunidades entre os titulares.

Um dos vilões da final da Copa do Brasil, por ter perdido um pênalti, o meia voltou a ser titular diante do Flamengo e fez uma boa partida no Maracanã. Inicialmente pela direita, o atleta passou a render ainda melhor quando teve liberdade para se movimentar no campo e assim distribuiu uma assistência para o gol de Du Queiroz.

Mais notícias do Corinthians:

Setor jovem é um dos mais consolidados no Corinthians
Outubro o mês das bruxas para o Corinthians

Se Vital continuar essa melhora no seu futebol, sua trajetória ficará muito parecida com a de Angel Romero. O paraguaio chegou no Corinthians com expectativas, mas pouco rendeu nos dois primeiros anos. Só a partir de 2016, que ele passou a ganhar mais minutos entre o titulares e foi uma das peças fundamentais na conquista da Série A de 2017.

Se quiser se espelhar em Romero, Vital fará muito bem. O paraguaio é o segundo maior artilheiro da história da Neo Química Arena, com 27 gols, atrás apenas de Jô, que possui 30 tentos marcados. Sequência, ao menos nessas últimas três rodadas, o meia terá. Sem opções para o setor ofensivo, Mateus deverá ser titular ao lado de Roger Guedes e Yuri Alberto.

Ainda há tempo para Vital?

Aos 24 anos, o jogador ainda pode se tornar em uma peça segura no elenco. As oportunidades no time titular nesse fim de temporada precisam ser aproveitadas da melhor maneira possível por Mateus Vital. A impressão deixada no Maracanã foi boa, basta ao meia permanecer tendo esse nível de atuação nas três partidas que restam.

 


Mais notícias