Notícias do Corinthians

Reviravolta! O detalhe que afastou Zanardi do Corinthians não tem perdão

Por Pedro De Oliveira

Reviravolta! O detalhe que afastou Zanardi do Corinthians não tem perdão

Regra feita pela Federação Paulista dificultou as negociações entre as partes

Síguenos enSíguenos en Google News

Após a demissão de Mano Menezes, a busca por um novo treinador para o Corinthians se tornou uma "novela" com reviravoltas dignas de um roteiro hollywoodiano. Inicialmente cotado para assumir o comando do Timão, o técnico Márcio Zanardi, do São Bernardo, viu seu nome perder força no decorrer do dia, culminando no recuo da diretoria corinthiana.

Segundo fontes da Central do Timão, a decisão de desistir da contratação de Zanardi foi tomada após intensas "conversas de bastidores". Pressões internas, vindas de conselheiros, torcidas organizadas e até mesmo do presidente Augusto Melo, pesaram na balança e decretaram o "fim do sonho" de ver Zanardi no comando do Corinthians.

A principal pedra no sapato da negociação foi a impossibilidade de Zanardi assumir o Timão no Campeonato Paulista. O regulamento da competição impede que um treinador comande duas equipes na mesma edição do estadual, e Zanardi já dirigiu o São Bernardo na fase inicial do torneio.

Treinador teve momentos polêmicos com o Timão

Outro fator que contribuiu para a "queda" de Zanardi foi a lembrança das polêmicas vividas por ele durante sua passagem pela base do Corinthians, entre 2012 e 2017. Episódios como a "briga com o gandula" e a "expulsão em um clássico" ainda estavam frescos na memória dos corintianos, que se manifestaram contra a possível contratação do treinador nas redes sociais e em protestos realizados na porta do Parque São Jorge.

Com a "carta fora da mesa", o Corinthians volta à estaca zero na busca por um novo comandante. Enquanto isso, o auxiliar técnico Thiago Kosloski assume o comando interino da equipe, que se prepara para um duelo crucial contra o Santos na próxima quarta-feira (7), na Vila Belmiro. A partida é válida pela 9ª rodada do Campeonato Paulista e pode ser decisiva para o Timão sair da zona de rebaixamento da competição.

A "dança das cadeiras" no comando do Corinthians segue em ritmo acelerado. A busca por um técnico que seja capaz de unir experiência, bom desempenho e "ficha limpa" é a prioridade da diretoria. O tempo dirá qual nome será o escolhido para conduzir o Timão na sequência da temporada, que promete ser repleta de desafios e emoções para a fiel torcida.


Mais notícias