Notícias do Corinthians

Presidente do Corinthians dá ultimato, e António Oliveira sente a pressão

Por Pedro De Oliveira

Presidente do Corinthians dá ultimato, e António Oliveira sente a pressão

Novo treinador do Timão terá que lidar com uma diretoria exigente

Síguenos enSíguenos en Google News

A diretoria do Corinthians está otimista de que a comissão técnica liderada por António Oliveira fará sua estreia no comando do clube neste domingo, dia 11. O presidente Augusto Melo expressou confiança no sucesso do novo treinador e afirmou ter "grandes expectativas" para a presença do português no jogo contra a Portuguesa, na Neo Química Arena.

"Se Deus quiser, temos grandes expectativas (para a estreia do técnico contra a Portuguesa). António está ótimo, ambiente muito bom. Coletivo maravilhoso, está todo mundo feliz. Se Deus quiser, a gente sairá dessa (crise) rapidamente. Pessoa muito simpática, muito capacitada. Vai dar certo", declarou Augusto Melo em entrevista à reportagem da ESPN.

No entanto, antes de regularizar a situação de António Oliveira para que ele possa comandar a equipe contra a Portuguesa, a diretoria alvinegra precisa resolver dois problemas. O primeiro é o pagamento da multa rescisória para Mano Menezes, demitido na última segunda-feira, dia 5. Segundo apurações da Central do Timão, as negociações avançaram durante a manhã.

Augusto Melo acredita que tudo será resolvido "o mais rápido possível". No entanto, há chances de que o clube seja dirigido por um dos auxiliares de António Oliveira contra a Portuguesa.

"São conversas boas, estamos tratando da melhor maneira possível. O Mano é um excelente profissional e estamos na expectativa de que tudo se resolva o mais rápido possível. Nós vamos pagar", assegurou Melo.

Cuiabá em pé de guerra com o Timão

O outro problema a ser solucionado pela diretoria alvinegra é o pagamento da multa rescisória de António Oliveira junto ao Cuiabá. Na noite de quinta-feira, dia 8, o presidente do Dourado, Cristiano Dresch, revelou que o valor, de R$ 1,04 milhão, ainda não foi quitado, e ainda fez críticas ao Corinthians pela condução da negociação.

No entanto, Augusto Melo afirmou que os dois clubes estão em diálogo para que o Corinthians possa quitar a rescisão de António Oliveira e, consequentemente, o Cuiabá possa liberar a documentação do treinador. "Está tudo caminhando, os advogados estão em conversa", concluiu o presidente alvinegro.

António Oliveira chegou a São Paulo na noite de quinta-feira e, nesta sexta-feira pela manhã, já comandou o primeiro treinamento no CT Joaquim Grava, mesmo sem ter sido oficialmente anunciado pelo Corinthians.


Mais notícias