Notícias do Corinthians

Corinthians afunda e chama treinador de Série B pra salvar o clube

Por Pedro De Oliveira

Corinthians afunda e chama treinador de Série B pra salvar o clube

Treinador ainda dá os primeiros passos no futebol e já terá que lidar com uma enorme pressão

Síguenos enSíguenos en Google News

Mano Menezes não ocupa mais a posição de técnico do Corinthians desde a última segunda-feira (05), o Timão determinou a partida do experiente treinador após um início ruim do Campeonato Paulista. O Alvinegro até iniciou o Estadual com um triunfo, porém enfrenta uma série de quatro derrotas consecutivas na competição. Mano estava vinculado ao Corinthians até o término de 2025. Ele liderou a equipe desde setembro de 2023 e esteve à frente em 19 jogos, alcançando apenas seis vitórias.

O Corinthians só poderá designar o sucessor de Mano Menezes após formalizar a rescisão do técnico no sistema da Federação Paulista de Futebol (FPF). O regulamento do Paulistão determina que a mudança ocorrerá somente após a apresentação do acordo com o antigo profissional.

Thiago Kozloski comandou o Coritiba em 23 dos 38 jogos do Brasileirão. Ganhou oito, perdeu catorze. Foi demitido faltando dois jogos para o final da Série A, porque o Coritiba estava planejando para 2024 e contratou Guto Ferreira. Treinador promissor, concluiu o curso da CBF na mesma turma de Mano Menezes, que lhe ofereceu uma chance no Corinthians após a partida do assistente Cauan de Almeida, atualmente no América-MG.

Corinthians tem histórico de apostas

Fernando Lázaro também deixou o Parque São Jorge no final do ano passado. Juntou-se à equipe de análise de desempenho do Grêmio. As saídas dos assistentes indicam a incerteza em relação à nova diretoria. Danilo, vencedor da Copa São Paulo em janeiro, estava certo de que seria demitido.

Mas Kozloski provavelmente dirigirá o Corinthians no clássico contra o Santos, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro. Kozloski pode se tornar um excelente treinador. É promissor. No entanto, só se tornou o favorito para ocupar o banco contra o Santos porque o Corinthians estava contratando Marcio Zanardi sem ter lido o regulamento do Campeonato Paulista.


Mais notícias