Notícias do Corinthians

A atitude do ex-clube de Garro que vai raspar os cofres do Corinthians

Por Pedro De Oliveira

A atitude do ex-clube de Garro que vai raspar os cofres do Corinthians

Talleres é conhecido por fazer jogo duro quando se trata de suas negociações

Síguenos enSíguenos en Google News

O presidente do Talleres, Andrés Fassi, está enfático ao afirmar que o Corinthians precisará desembolsar um valor maior para obter a documentação do meia Rodrigo Garro.

Fassi alega que mais de 670 mil dólares (equivalente a R$ 3,3 milhões) da primeira parcela da venda de Garro ainda estão pendentes, referentes a questões tributárias e diferenças entre o montante bruto e líquido. No entanto, o Corinthians discorda dessa interpretação.

O clube paulista condena a postura adotada pelo Talleres e espera uma resolução amigável para agilizar a inscrição do jogador, mas não descarta acionar a FIFA. O Corinthians entende que o Talleres está exigindo um pagamento adicional e à vista devido ao histórico de inadimplência de gestões anteriores, o que não é comum no mercado.

Talleres não alivia

Segundo o jornalista Marcelo Sellares, o Talleres, antigo clube de Garro, planeja recorrer à FIFA para cobrar a diferença de US$ 700 mil na transferência do jogador para o Corinthians. O conflito tem origem no acordo de transferência e pagamento, incluindo os impostos (aproximadamente 28,5%), que o clube brasileiro deveria quitar integralmente.

Mesmo com a estreia do meio-campista argentino Rodrigo Garro, o Corinthians não conseguiu interromper a sua péssima sequência de derrotas. Na última quarta-feira (7), o Timão sofreu a sua quinta derrota consecutiva no Campeonato Paulista.

No confronto realizado na Vila Belmiro, o time corintiano foi superado pelo Santos, no Clássico Alvinegro. O volante João Schmidt marcou o único gol da partida, de cabeça, ainda no primeiro tempo, em uma cobrança de escanteio.


Mais notícias